sábado, 1 de outubro de 2011

Andarilho precisa-se



Estou velha. Acabada. Isto já não é para mim.



Tínhamos programado uma actividade desportiva com a turma num parque municipal, com direito a repasto e tudo, que isto de correr é pior que puxar carroças. Os miúdos fizeram o seu papel de miúdos, correram e jogaram como se disso dependesse o fim da fome em África, e os professores fizeram o seu papel de professores: foram míudos. O manquinho que não corre parecia o Speedy Gonzalez, aquela que pensava que ia para lá segurar no cronómetro até à corda saltou, e eu parecia uma adolescente histérica num concerto dos Tokyo Hotel.



Ora isto tudo parece-me muito bem, não fosse a invasão de moscas, mosquitos, moscardos e melgas. Conclusão: estou picada em todo o lado, valha-me Deus... Quem vir as babas que tenho ao longo das costas ainda pensa que andei lá em soutien. Credo! Colonizaram-me as costinhas todas! A bicharada toda abriu os olhinhos até ao branco e atacou-me sem dó nem piedade.



À parte deste ataque sem escrúpulos, fui também alvo da chamada dor de burro, que é uma dor fininha como a merd%&%, e que imobiliza como o caraças. E como não queria ficar mal à frente dos catraios, lá continuei a correr e a saltar como se estivesse no anúncio da Evax.



Quando chegou a horinha dos morfes, tremia só de segurar no copo para me servirem a bebida. Portanto, após esta maravilhosa e revigorante manhã no parque, tenho a dizer que adquiri Parkinson.



Chegada à casota, e depois do banho que se impunha, fui-me pesar. Sim, porque eu ando a trabalhar para o engorda e cada grama significa para mim tanto como para o Passos Coelho significa cada cêntimo do rombo magistral do Jardim. E foi aí que o meu mundo desabou...



Ando eu a emborcar batidos de aveia on a daily basis para ver se encho as peles para depois da pesagem verificar que emagreci 600 gr com esta brincadeira.



E pronto. Contas feitas, perdi peso que me custou horrores a ganhar,mas ganhei um novo andar. Hoje para me levantar foi um castigo, porque os gémeos estão piores do que o chapéu de um pobre. Habituadinha a andar de salto alto todos os dias, esta fashion queen treme, só de pensar no dia em que irá ter que calçar ténis outra vez....

6 comentários:

Panda disse...

Quem fica muito tempo sem praticar exercício é normal que isso aconteça, mas olha que faz muito bem. Devias ter mais dias assim :P

cArLos disse...

Coragem... o tempo a tudo dá um jeito :)

Tio do Algarve disse...

Olá XS,
A solução é fazer essas actividades mais regularmente... E evitar saltar a corda, durante uns tempos :)

disse...

Adoro-te, adoro o teu blogue e morro de saudades tuas!

Simplesmente Amelie disse...

Não sei se o andarilho será a melhor solução, pois vais ter que levanta-lo com os braços.... Serás capaz? ;) Eu empresto-te uma cadeira de rodas do lar onde trabalho... ;)Força! Gosto do teu blogue! ;)

Trufas disse...

ar condicionado para veiculos | reformas em geral | reformas de apartamento | ar condicionado automotivo | reforma de casas | pedreiros | pintura predial e residencial | centro automotivo | oficina mecanica | criacao de sites | site painel administrativo | ar condicionado automotivo | reforma de casas | pedreiros | chocolate trufas | centro automotivo | oficina mecanica | criacao de sites ar condicionado para veiculos | reformas em geral | reformas de apartamento | ar condicionado automotivo | reforma de casas | pedreiros | pintura predial e residencial | centro automotivo | oficina mecanica | criacao de sites | site painel administrativo | ar condicionado automotivo | reforma de casas | pedreiros | chocolate trufas | centro automotivo | oficina mecanica | criacao de sites | trufas dia das mães | chocolate dia das mães | cestas chocolate