quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Anti-upgrade


Eu sou totalmente contra os upgrades. Uma pessoa habitua-se a certas manhas e manias, e depois é obrigada a encarar a mudança com um sorriso nos lábios, e acreditar com toda a sua fé que tudo irá correr bem…
Antigamente, nos meus dias maus, sempre podia contar com uma idazita ao Pingo Doce para sair de lá completamente revigorada. Era um gosto. Aproximava-me do balcão das informações e tinha a certeza que iria lá encontrar uma senhora com pelo menos 90 anos, à qual pedia para trocar dinheiro para colocar no carrinho. A senhora iria responder-me com maus modos e era precisamente nesse momento que começava a minha terapia. Eu dava-lhe duas a abater também, e pronto, ia à minha vidinha fazer as compras. E uma gaja encarava logo o resto do dia de outra forma.
Hoje, chego ao dito lugar, já preparadinha para desopilar, e aparece-me uma menina na casa dos 20, que não só me troca o dinheiro com um “com certeza, é para já!”, como ainda me oferece um euro de plástico para que eu não tenha que me aborrecer mais com trocos! Isto não se admite! Mas estamos a brincar ou quê? Vem uma gaja de tão longe para isto????
Até aqui ainda não estava completamente desesperada, porque ainda havia a rampa onde o carrinho costuma empancar, e onde se faz sempre aquela figurinha de parva com o carro a guinar de um lado para o outro – a terapia tinha sido adiada, mas ia acontecer à mesma. Paguei as compras, ansiosa por chegar à porta. Qual não é o meu espanto quando dou de caras com uma rampa nova para os carrinhos de compras. Ora assim é que não!

Mas quem é que mandou mexer no que estava quietinho? Onde é que uma gaja descarrega o stress de um dia do caraças????

Aviso desde já: ou readmitem a velha e colocam a rampa com buracos, ou perdem uma cliente.

É que eu não estou propriamente a nadar em dinheiro para começar a frequentar consultas de psicologia. ‘Tá? ‘Tá.

9 comentários:

Saltos Altos Vermelhos disse...

que tal bater na jovem de 20? LOLOLOL para "des-stressar" LOLOL

Pedro Barata disse...

Ehehehehe Fizeste-me dar uma grande gargalhada! Mas tem calma, pode ser que a jovem se venha revelar pior que a velhota. Dá-lhe tempo para se afirmar! Lol

Beijinhos

Donnola disse...

o q praqui vai. a velhinha morreu pronto

Salto-Alto disse...

LOL!

Alguém disse...

Caramba! Tens de passar a ir a outro hipermercado... ;-)

sonhos/pesadelos disse...

escuta, cuidado, dizem que é contagioso...até já têm caixas de self-service, assim já nem com a moça da caixa se pode reclamar por ser lenta a fazer tic-tic irritante!!!! o mundo está perdido...lol
bjs endiabrados

obrigada pela visita e o teu blog é o máximo!

XS disse...

Saltos Altos Vermelhos: não gosto de sujar as minhas mãos, eu é só letra....

Pedro Barata: Mas ainda tenho que esperar algum tempo, e não sei se não me internam entretanto..

Donnola: Não, não, não! Não pode ser! Deus não faria isso comigo!

Salto-Alto: Se souberes pelo menos onde há rampas no seu pior, diz qualquer coisa...

Alguém: Qual? Qual?

Sonhos/pesadelos: não me desanimes ainda mais...snif, snif.

Gui wings disse...

Uau! nunca tinha visto as coisas por esse lado...tu descarregas assim a tua fúria? se essas coisas me acontecessem no supermercado, ainda ficava mais neurotica! Para mim ir ao supermercado é um suplicio - principalmente daquela vez em que o saco das maçãs rebentou e as maçãs rebolaram por todos os lados. E lá foi aqui a taralhoca de gatas apanha-las

beijo

Rita disse...

heheheh! Achei um piadão a este post! LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL!